DESTINOS

SUDESTE DA ILHA

 

Sem dúvida, locais agrestes e intocados de Florianópolis se encontram aqui, acompanhados de uma boa dose de história e tradição ilheus. 

 

Flora e fauna exuberantes, montes intocados e verdejantes, praias quase que exclusivas e banhadas por um mar límpido e livre de poluição, construções históricas ladeadas por garagens de barcos de pesca.

 

Locais ótimos para a prática de esportes, praias especiais para o surfe, boadyboard, kyte, wind e standup, para a corrida, ou mesmo para aquela caminhada despretensiosa.

SUDOESTE DA ILHA

 

Aqui os princípios da história do ilhéu, a chegada à ilha e o horizonte voltado para o continente. Freguesias históricas à beira mar confrontadas com as montanhas do continente - o lindo monte Cambirela mostra toda a imponência dos seus 1000 metros de altitude à beira mar.

 

O casario típico da colonização açoriana pode ser visto por todo o percurso da rodovia SC 405; restaurantes à beira mar, todos em lindos locais, oferecem pratos típicos da região.

 

São dezenas de quilômetros à beira mar que nos levam até a freguesia da Caeira da Barra do Sul, local onde podemos pegar uma trilha a pé que nos leva até a linda e agreste praia de Naufragados, extremo sul de Florianópolis.

CENTRO DA ILHA

 

Aqui fica o início da história da ilha, lugar onde se localiza o coração político do estado de Santa Catarina. Na verdade está localizado no oeste da Ilha de Santa Catarina, entre o Morro da Cruz e o mar, no ponto mais próximo ao continente.

 

O centro de Florianópolis, diferentemente da maioria das capitais, tem um centro muito preservado, limpo e bem frequentado, com um comércio forte e com patrimônio histórico rico e preservado. Localiza-se muito próximo a regiões nobres da cidade, como as ruas Trompovski, Bocaiuva e a Avenida Beira Mar Norte. O calçadão da rua Felipe Schmidt, o comércio charmoso da rua Vidal Ramos, a Igreja Matriz, a Praça XV, o mercado público, todos locais agradáveis para se curtir.

 

O cartão postal, maior e mais valorizado monumento do Centro, a ponte Hercílio Luz, foi uma impressionante obra de engenharia e arquitetura da época. Até a sua inauguração, em 1926, a única maneira de chegar à Ilha de Santa Catarina era atravessando o canal à barco.

OESTE E NOROESTE DA ILHA

 

Aqui, voltadas para o continente, regiões que abrangem história, bairros residenciais de alto padrão e lindas praias de águas calmas e temperatura agradável. 

 

Santo Antônio de Lisboa é uma linda freguesia histórica onde pode-se encontrar comércio, marinas e ótimos restaurantes que servem desde comida típica a pratos requintados de comida internacional. 

A praia da Daniela é outro local muito frequentado por famílias que se aproveitam da ótima balneabilidade da praia para crianças.

 

Outra praia importante aqui localizada é Jurerê, que se tornou internacionalmente conhecida pelo complexo imobiliário de alto padrão e de urbanização sustentável Jurerê Internacional, bairro planejado, arborizado e limpo. As mansões que lá se encontram, além dos carros importados e da badalação, deram a Jurerê Internacional o apelido de Miami brasileira. Durante o verão, a praia vira sinônimo de gente jovem, bonita e rica.

NORTE DA ILHA

 

Local das tradicionais praias de Canasvieiras e Ingleses, pontos de muita badalação e movimento,  atualmente formam uma região de densa população durante todo o ano, possuindo comércio bastante forte e tornando-se no verão praias muito procuradas e concorridas. São as praias de Florianópolis preferidas dos turistas do Cone Sul durante a alta temporada, Canasvieiras e Ingleses viram um verdadeiro recanto praiano para famílias e jovens argentinos, uruguaios e paraguaios.

 

Localizam-se também no norte da ilha as praias de Ponta das Canas, com suas águas tranquilas e cristalinas, a praia da Lagoinha do Norte, linda prainha localizada no extremo norte da ilha, de ótima balneabilidade e que, em meio às movimentadas praias da região, ainda mantém um patrimônio natural bastante preservado e a Praia Brava, balneário encravado em meio a grandes montes e rochas, bom para o surfe, famoso pelos complexos imobiliários de alto padrão.  

 

Junto a Ingleses, tendo seu acesso obrigatório através do centrinho de Ingleses, temos a charmosa praia do Santinho. Conhecida pelo famoso complexo turístico do Costão do Santinho, local onde ocorrem variados eventos de âmbito internacional, também é muito procurada para a prática do surf - a praia conta com ondas fortes, mar aberto e longa faixa de areia que, na sua parte mais ao norte, se transforma em longos campos de dunas.

NORDESTE DA ILHA

 

O nordeste de Florianópolis é uma mistura de praias agrestes com bairros históricos que se tornaram destino de migrantes que vieram se estabelecer na cidade.

 

O bairro São João do Rio Vermelho, antiga zona rural da capital catarinense, hoje tornou-se um grande loteamento irregular formado por servidões que junta antigas localidades como o Travessão, o Muquém, Porto, Moçambique e o Parque Florestal do Rio Vermelho.

 

Aqui também se chega por uma estrada de terra à praia de Moçambique, grande faixa de mar totalmente desabitada, pertencente ao Parque Florestal do Rio Vermelho, que vai da praia da Barra da Lagoa até o morro do Costão do Santinho, que na sua parte sul é chamado de Ponta das Aranhas.